Você sabia que ontem, 14 de março, foi Dia Nacional dos Animais? Esta data tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre os cuidados que devem ser dados aos animais, sejam eles domésticos ou silvestres. Pensar no posicionamento dos seres humanos perante o meio ambiente e a preservação dos diferentes biomas, são questões essenciais que devem ser sempre debatidas.

De acordo com a legislação brasileira, maltratar animais de qualquer espécie é considerado crime ambiental, segundo prevê o art. 32 da Lei nº 9.605, de 1998, com pena de detenção de três meses a um ano e multa. Além da violência física, são considerados maus tratos contra os animais: o abandono em via pública, mantê-lo permanentemente acorrentado; não abrigar do sol e da chuva, mantê-lo em local pequeno, não higiênico ou sem a ventilação adequada, não alimentar diariamente, negar assistência quando ferido, obrigar o animal a trabalho excessivo etc.

Os bichinhos devem ser tratados com carinho e responsabilidade

Além dos cuidados com os animais de estimação devemos lembrar também dos animais silvestres. Essa foi uma das principais preocupações dos idealizadores do Residencial Terras da Alvorada. Ao longo de 13 anos foram obtidas as licenças para que as obras do empreendimento começassem. Alguns dos pontos mais importantes do projeto era a preservação do meio ambiente e como seria a convivência com natureza em geral. Cada detalhe foi pensado e planejado para que não houvesse impactos ao meio ambiente.

Um dos primeiros trabalhos realizados foi o monitoramento da fauna para identificar quais espécies viviam na mata e quais eram os locais por onde passavam. Foram contratados engenheiros e biólogos para fazerem uma avaliação criteriosa de todo o meio ambiente biótico. Em pontos específicos do loteamento foram feitas passagens secas e molhadas para respeitar a individualidade de cada espécie. Foram posicionadas também câmeras fotográficas infravermelhas com sensores de movimento para conhecer tudo que ali vivia e quais eram os seus comportamentos. O estudo identificou mais de 100 espécies de animais silvestres, entre eles anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Ao final desse monitoramento, o último relatório apontou cerca de 20 espécies a mais do que no início do trabalho. O que mostra que nada foi prejudicado.

Para evitar o contato com os animais de estimação dos futuros moradores, todo o perímetro da mata foi fechado com alambrados e foram feitas conexões (passagens secas e molhadas) para garantir que os animais pudessem se locomover de um lado para o outro sem prejudicar suas principais características. Os animais de forma geral são muito curiosos, por isso é muito importante preservar a segurança de todos delimitando os espaços em que eles vivem.

Além disso, para preservar a água que esses animais silvestres consomem, todos os moradores são orientados a fazerem o armazenamento correto dos materiais durante suas obras para que não escoem com a água da chuva e cheguem até os rios comprometendo suas características principais.

Saiba mais
Os animais também são lembrados no dia 4 de outubro, considerado o Dia Mundial dos Animais, em homenagem ao nascimento de São Francisco de Assis, padroeiro dos a00nimais pela Igreja Católica. No Brasil, ainda se comemoram outras datas que também visam a conscientização da população sobre os direitos dos animais, como: Dia da Libertação Animal (18 de outubro) e o Dia da Adoção Animal (17 de agosto).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
× Como posso te ajudar?