A corrida é uma das atividades físicas mais completas em benefícios para a saúde e a boa forma. Praticantes da corrida afirmam que o exercício torna-se um estilo de vida ao longo do tempo e especialistas asseguram que este estilo de vida serve para melhorar o condicionamento aeróbico e aumentar a atividade das enzimas e hormônios que estimulam os músculos e o coração a trabalhar melhor.

Sair do sedentarismo e iniciar alguma atividade é o primeiro passo para obter mais saúde. O ideal é que você procure um profissional para orientar você no início e comece aos poucos para adquirir experiência com responsabilidade.

Exercícios vigorosos, quando bem praticados, rendem benefícios em abundância e de forma cumulativa para a saúde, ou seja, quanto mais você pratica, ou quanto mais difícil o exercício se torna, melhor estará a sua saúde.

Um estudo recente mostrou que indivíduos que correm mais de 80 quilômetros por semana têm um aumento significativo do HDL (colesterol bom) e diminuição significativa da gordura corporal, das triglicérides e do risco de doenças cardíacas que os indivíduos que correm menos de 16 quilômetros por semana. Além disso, o mesmo estudo mostrou que os corredores de longa distância tiveram uma redução de quase 50% na pressão arterial e mais de 50% de redução no uso de medicamentos para reduzir a pressão e o colesterol no sangue.

Em geral, o nosso organismo depende completamente da nossa capacidade cardiorespiratória, ou seja, a capacidade do coração para bombear oxigênio de forma eficientemente forte e contínua para todos os músculos do corpo. Quanto mais exercícios aeróbicos uma pessoa faz, mais sangue e oxigênio seu coração vai bombear a cada batida e mais oxigênio seus músculos vão consumir. Corredores de longa distância tendem a ter um consumo de oxigênio três vezes mais eficiente do que as pessoas sedentárias.

De acordo com um estudo de referência publicado pela fundação americana de cardiologia, correr de cinco a dez minutos por dia em velocidades lentas está associado a um risco drasticamente reduzido de morrer de doenças cardiovasculares. O aumento da frequência cardíaca durante a corrida fortalece o músculo do coração e prolonga a sua capacidade de bombeamento de sangue, portanto, a sua vida útil.

Além desses benefícios, os corredores regulares sabem que o exercício melhora o humor, não importa o quão ruim ele estivesse no momento da largada. Isto se deve à liberação dos hormônios conhecidos como endorfina e endocanabinoide, responsáveis pela sensação de bem-estar no organismo. Em um estudo publicado pela Medicine & Science in Sports & Exercise, pesquisadores descobriram que mesmo uma única sessão de exercício de 30 minutos de caminhada em uma esteira poderia melhorar instantaneamente o humor de alguém que sofre de algum grau de depressão ou ansiedade. Além disso, correr regularmente queima calorias tanto durante o período que se pratica o exercício quanto depois. O melhor é que este efeito ocorre mesmo em corridas mais lentas, apenas em um ritmo um pouco mais rápido do que a caminhada normal.

Mas você deve estar se perguntando, quanto eu devo correr. Pesquisas defendem que correr até dez quilômetros uma a duas vezes por semana leva ao máximo dos benefícios da corrida para a saúde e boa forma. Outro fator importante para se levar em consideração é quanto as corridas ao ar livre, elas melhoram o humor e bem-estar geral. Mas preste atenção: correr mais que 30 quilômetros por semana pode melhorar a aptidão cardiovascular, mas em contrapartida aumenta ligeiramente o risco de lesão. Ou seja, uma corrida moderada e acompanhada de um profissional sempre será o ideal.

Fonte: www.mundoboaforma.com.br

1 Comentário. Deixe novo

Anatalino Roberto da Silva
fevereiro 24, 2019 12:05 pm

Muito bom esse comentário que vocês fazem.

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
× Como posso te ajudar?